Seis passos para criar um programa de fidelização de clientes

Seis passos para criar um programa de fidelização de clientes

Em tempos de crise, ter clientes fiéis é essencial para a divulgação e desempenho do negócio.

“A melhor propaganda é feita por clientes satisfeitos”, ensina Philip Kotler, um dos maiores teóricos do Marketing. É por isso que vale tanto à pena investir na fidelização de clientes.

As estratégias de fidelização favorecem o aumento dos resultados dos pequenos negócios, e isso com custo relativamente baixo, se comparado à aquisição de um novo cliente – que normalmente não é lucrativo nos primeiros meses ou anos de negócio.

Para incentivar o cliente a voltar à loja, uma boa estratégia é criar um programa de fidelidade. A ideia é recompensá-lo por ser um consumidor frequente da marca.

Confira dicas para criar um programa de fidelidade no seu negócio:

1) Atendimento
Responsável por grande parte das fidelizações, o atendimento deve ser encarado como um diferencial para o negócio. Um bom atendimento é a porta de entrada e o primeiro passo para conquistar clientes e fazer com que eles mantenham contato com a marca.

Por isso, é importante investir em treinamento para funcionários a fim de compreender qual a melhor abordagem para o seu público-alvo.

2) Tratamento VIP
Se você já tem alguns clientes féis à marca, os valorize e invista em um tratamento VIP. Fique atento aos detalhes, um bom exemplo é fazer uma ligação parabenizando-o no dia do seu aniversário, enviando um cupom de desconto especial.

Para esses clientes, vale a pena antecipar ofertas e novidades da coleção de roupas. Avalie a criação de um clube de fidelidade com vantagens especiais.

3) Clientes
Sem ser invasivo, tente pegar informações de contato dos seus clientes como nome, e-mail ou telefone para avisá-los do programa e sobre futuras promoções.

4) Recompensas
Para poder estipular recompensas que realmente sejam interessantes para seus clientes é importante conhecê-los bem. Busque contato, converse, escute e conheça-os.

Outra dica é procurar monitorar quais produtos esses clientes têm comprado e criar grupos com recompensas similares, conforme o tipo de compra de cada consumidor.

5) Prazo
Após criar um programa de fidelidade, fique atento ao prazo. O ideal é que seja para a vida toda do negócio, caso o contrário é só mais uma promoção da loja. Divulgue o programa desde a primeira compra na loja, fale para os clientes dos benefícios e vantagens.

6) Adesão
Para que um programa traga resultados positivos para a empresa, é necessário um número mínimo de pessoas participando. Para isso, é preciso incentivar a clientela a aderir ao programa. Divulguação dos benefícios e vantagens ajudarão a fortalecer à iniciativa.

Ações recomendadas

Fonte: SEBRAE

COMPARTILHE

COMENTAR

Deixe seu Comentário