Descontos e promoções: como fazer dar certo

Descontos e promoções: como fazer dar certo

Já sabemos o potencial que os descontos e promoções têm na hora de impulsionar as vendas, certo? Mas, para que essas estratégias funcionem a seu favor, é importante fazer um planejamento antecipado e cuidadoso. Separamos algumas dicas sobre descontos e promoções para facilitar a sua vida:

O primeiro passo é saber identificar a oportunidade para desenvolver uma promoção que estimule o consumidor a adquirir determinado produto ou serviço sem prejuízo ou perda da competitividade. Portanto, o planejamento deve começar considerando-se os seguintes fatores:

– Relação custo/benefício: os descontos devem ser determinados após uma detalhada análise dos custos da empresa, da qualidade do produto oferecido e do risco de desvalorização do mesmo diante do consumidor (qualidade percebida pelo cliente após a redução do preço);

– Mercado de atuação: os brindes oferecidos devem estar alinhados com o ramo de atuação da empresa. Por exemplo, se os produtos vendidos são do setor automobilístico, de nada adianta oferecer uma cesta de frutas como brinde, certo? Se o produto for uma solução do SPC Brasil disponibilizada pela entidade, não “pega bem” oferecer algum brinde que não tenha a ver com o dia a dia da CDL;

– Objetivos: a ferramenta de promoção deve ser estabelecida de acordo com o resultado que desejo alcançar, mesmo que todas, no final das contas, tenham o mesmo propósito: o aumento das vendas. Por exemplo, se desejo estimular o interesse de compra, posso utilizar a ferramenta de amostra grátis para instigar a experimentação de meu produto. Caso deseje premiar a fidelidade de um cliente, posso oferecer um desconto na recompra de um determinado bem ou serviço;

– Estoques: preparar os estoques conforme a estimativa de vendas, no caso de comércio e indústria, é fundamental para não se correr risco de faltas ao longo do período promocional. Para o setor de serviços, o fundamental é preparar toda a infraestrutura de atendimento para o incremento de vendas;

– Comunicação com o mercado: tanto melhor será o resultado da promoção quanto mais eficaz for a comunicação com o mercado. A decoração do ambiente de venda associada ao tema escolhido para desenvolvimento da ação promocional, por exemplo, é uma boa dica.

Dica de ouro: acompanhe os resultados dia após dia para fazer ajustes na estratégia de aumento de vendas. Registre os produtos ou serviços que mais saem e compare com essa saída em períodos de não-promoção.

Tipos de ações:

Desconto – abatimento no preço de um produto. Exemplo: desconto de 15% na compra de um ou mais itens específicos.

Amostra – quantidade grátis de determinado produto ou serviço. Exemplo: uma aula experimental de uma nova modalidade na academia de ginástica.

Brinde – item oferecido para estimular a compra de determinado produto. Exemplo: balde de pipoca decorado com o tema de algum filme em lançamento.

Cupom – código que garante desconto na compra de determinado produto. Exemplo: cupons anexados em revistas e jornais que, quando reunidos, dão direito ao desconto.

COMPARTILHE

COMENTAR

Deixe seu Comentário